A diferença entre liderança e gestão

As pessoas muitas vezes confundem liderança e administração com a mesma coisa, mas, em essência, são muito diferentes. A principal diferença entre os dois é que os líderes têm pessoas que os seguem, enquanto os gerentes têm pessoas que simplesmente trabalham para eles. Particularmente em pequenas empresas, para que um pequeno empresário seja bem-sucedido, ele precisa ser tanto um líder quanto um gerente fortes para fazer com que sua equipe se envolva com sua visão de sucesso. Liderança é fazer com que as pessoas compreendam e acreditem na visão que você estabeleceu para a empresa e trabalhar com você para atingir suas metas, enquanto a administração é mais sobre administrar e garantir que as atividades do dia-a-dia estejam acontecendo como deveriam.

Liderança e gestão devem andar de mãos dadas. Eles não são a mesma coisa, mas são necessariamente ligados e complementares uns aos outros. Qualquer esforço para separar os dois dentro de uma organização provavelmente causará mais problemas do que resolve. Para qualquer empresa ter sucesso, ela precisa de uma administração que possa planejar, organizar e coordenar sua equipe, além de inspirar e motivá-los a realizar o melhor de sua capacidade.

LIDERANÇA É SOBRE INSPIRAR E GERENCIAR É SOBRE PLANEJAMENTO

Os líderes têm a tendência de elogiar o sucesso e motivar as pessoas, enquanto os gerentes trabalham para encontrar falhas. Eles pintam uma imagem do que vêem como possível para a empresa e trabalham para inspirar e engajar seu pessoal em transformar essa visão em realidade. Ao invés de ver os indivíduos como apenas um conjunto particular de habilidades, eles pensam além do que eles fazem e os ativam para serem parte de algo muito maior. Eles estão bem cientes de como equipes de alto desempenho podem realizar muito mais quando trabalham juntas do que indivíduos que trabalham autonomamente são capazes de alcançar.

Para ambos os lados entenderem o que têm que fazer e alcançar a excelência em fazê-lo, precisam compreender a essência da diferença entre eles. Esta é uma questão de definição – entender como os papéis são diferentes e como eles podem se sobrepor. Os gerentes, por outro lado, se concentrarão em definir, medir e atingir metas controlando situações para alcançar ou exceder seus objetivos.

GESTÃO

LIDERANÇA

Os gerentes dão instruções Líderes fazem perguntas
Os gerentes têm subordinados Líderes têm seguidores
Os gerentes usam um estilo autoritário Líderes têm um estilo motivacional
Os gerentes dizem o que fazer Líderes mostram o que fazer
Gerentes têm boas ideias Líderes implementam boas ideias
Gerentes reagem a mudanças Líderes criam mudança
Os gerentes tentam ser heróis Líderes fazem heróis de todos ao seu redor
Os gerentes exercem poder sobre as pessoas Líderes desenvolvem poder com pessoas

Você deve pensar em um sem o outro para realmente ver as diferenças que existem entre eles. Gestão sem liderança controla recursos para manter.

Existem muitos tipos diferentes de estilos de liderança e gerenciamento nos quais situações, grupos ou culturas diferentes podem exigir o uso de estilos diferentes para definir uma direção ou garantir que ela seja seguida.

Uma maneira de decifrar qual dos dois você pode ser é contar o número de pessoas fora de sua hierarquia de relatórios que consultam você. Quanto mais isso acontecer, maior a probabilidade de você ser considerado um líder.

John Kotter, professor de liderança na Universidade de Harvard, teme que, com muita frequência, os empregadores usem os termos como sinônimos. Se uma organização for executada de forma eficaz, a liderança e o gerenciamento existirão em conjunto.

Mentoring e treinamento formal podem ajudar os funcionários a utilizar e usar suas habilidades de liderança. De acordo com pesquisa do  Chartered Management Institute,  90% dos membros que concluíram uma qualificação de gerenciamento e liderança descobriram que a experiência melhorou seu desempenho no trabalho. Houve também um “efeito cascata”, com 81% dos entrevistados repassando seus conhecimentos aos colegas.

Celebrar líderes individuais também pode fazer com que alguns esqueçam que nunca é apenas uma pessoa dirigindo o programa.

Nem todo mundo que é responsável por uma equipe é um líder e um gerente. Para ter uma organização bem-sucedida, é preciso haver uma mistura de ambos.
Muitas pessoas são ambas, tendo gerenciado pessoas, mas percebem que você não pode comprar pessoas para segui-lo por um caminho difícil e, portanto, agir como líderes também. O desafio está em garantir que você esteja liderando sua equipe e gerenciando sua operação diária. Aqueles que são capazes de fazer as duas coisas, criarão uma vantagem competitiva.

A mentalidade também pode ter um efeito poderoso no sucesso de um líder, Entendendo o Contágio Emocional  pode ser uma ferramenta para o sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *